Marketing orgânico faz bem e faz crescer

Em tempos de transformação e transição digital vejo que a esmagadora maioria dos provedores de serviços não vendem óculos com a receita adequada, preferindo manter a visão míope de um cliente que anda às apalpadelas e que acredite que aquilo que é feito é complicado demais, metendo estrangeirismos e complexidade para manter o foco no que está mais perto, sem se preocupar em olhar, e ver bem, o que está à frente, mas mais distante.

Fazem-no, quero acreditar, porque é difícil vender algo simples.

Nos anos 50, uma famosa marca americana tinha acabado de inventar a fórmula instantânea para se fazer bolos no forno de casa. Era tão simples quanto adicionar água e mexer e meter no forno. Mas não vendeu, porquê? Porque as donas de casa de então sentiram culpa, porque não dava trabalho nenhum. A resposta? No novo produto tinham que adicionar água e um ovo. As vendas subiram exponencialmente.

No Marketing passa-se o mesmo, complica-se para se dar valor. O problema está em que o valor está a ser dado, na minha opinião, ao processo e não ao resultado, pois o resultado de um marketing puramente operacional, sem Estratégia de Marca é um marketing comercial e vicioso.

Acredito que se oferecem ferramentas, como sítios web, channel managers, newsletters, gestão de redes sociais etc., sem Estratégia porque é por ferramentas que o cliente procura e pensa, erradamente, que já sabe do que precisa. É uma automedicação que muitas vezes causa cancro e um desacreditar no poder do Marketing. O pior de tudo é a crença que as campanhas digitais são uma solução milagrosa, qual banha de caracol explicada pelo vendedor que tem uma tia-avó que foi salva das dores nas cruzes e que agora faz o pino.   

Porque é que as campanhas digitais, sem Estratégia, são o pior? Porque criam um círculo vicioso e dependente.

É um círculo vicioso porque se não houver Estratégia de fidelização e de criação de comunidade, o nosso negócio vai estar sempre dependente dessas ferramentas, que podem e são depois usadas para nos extorquir. Se parar de fazer campanhas e deixar de ter clientes ou o número de clientes repetentes for baixo, algo está gravemente mal.

Está, inclusive, a ocorrer atualmente um significativo processo em tribunal contra a Google que, entre outras muitas práticas completamente criminosas, acusa a gigante de manipular o custo dos anúncios (inclusive com o Facebook).

Se te procuram pelo preço, o mais barato é o teu concorrente. É essa a posição que procuras?

Nunca foi tão caro adquirir novos clientes como agora. Todavia, nunca foi tão barato fidelizar os clientes como agora.

Marketing orgânico é aquele que procura utilizar técnicas publicitárias com a finalidade de criar um crescimento sustentável e independente, criando uma comunidade de clientes que nos procuram diretamente. A intenção é criar um efeito bola de neve, onde é cada vez menos necessário investimento na divulgação e focar-se no investimento no melhoramento do serviço/produto. O Marketing deve assentar na criação da Marca e só depois na sua divulgação. Nunca o contrário.

Preocupe-se em maximizar os recursos que tem para a criação da sua marca e só depois procurar ferramentas que lhe sirvam para trabalhar eficazmente a marca, porque ferramentas sem Estratégia são um custo e não um investimento.

 

Texto publicado previamente na Publituris

Recommended Posts